sábado, 30 de janeiro de 2010

. . . . . . . .MURAL DE LEMBRETES. . . . . . . . .

Próxima atualização: 15.02.2010

Aumentar as imagens: "ctrl" e "+" (juntas) uma ou mais vezes

Diminuir as imagens: "ctrl" e "-" idem, idem

Ver matérias anteriores: clicar "postagens mais antigas" (no final desta edição) OU "assunto" (aqui ao lado) OU "arquivo do blog" (também ao lado)

Dica: Recordar faz bem para a memória. Divulgue este blog aos "mais vividos"

**********************************************************

IMAGENS - BRINQUEDO DE LATA

Teve seu auge nos anos 50, mas ainda era muito comum na década de 60. Com a disseminação do uso do plástico, e seu consequente barateamento, o brinquedo de lata foi desaparecendo. Os inconvenientes(podemos dizer "perigo"?) desse material também contribuiu para sua substituição (bordas cortantes, ferrugem, etc). Hoje esses brinquedos são raridades avidamente procuradas por colecionadores do mundo todo. Através das coleções podemos observar a gama enorme que existia desses brinquedos de lata (e metal fundido). Grande parte deles "de corda" ou "fricção": bonecos, automóveis, navios, trens, lanchas, ônibus,etc. Alguns outros materiais com que antigamente se fazia brinquedo, também, há tempos vêm sendo trocados: papelão, madeira, gêsso, baquelite, etc. Abaixo, três exemplares de brinquedo de lata, todos japoneses e da década de 50. Agradecemos ao Sr. Alfredo pela cessão de uso da 1ª foto (lancha"sea hawk") do seu blog "Meus Brinquedos Antigos" (veja aqui).







FATOS - Programas de TV

"Capitão 7"(1954). O "sete" do nome vinha do canal onde era exibido ("TV Record"). Antes da formação das redes as emissoras eram conhecidas em cada Estado pelos seus números. Em SP a Tupi era "4", a Cultura "2", a Globo "5", etc. Esse programa foi líder de audiência em seus 12 anos no ar. Em 1959 o "Capitão 7" chegou aos quadrinhos, com vida bem menor. Sempre foi interpretado pelo ator Ayres Campos (falecido em 2003). No início, o personagem era só um herói, bom de luta. Anos depois é que "adquiriu" poderes e se transformou em super-herói. O papel de sua esposa, "Silvana", era feito pela atriz, apresentadora e garota-propaganda Idalina de Oliveira, até hoje brilhando na TV (Rede Vida). Aqui e aqui mais programas de TV.







IMAGENS - Disco: "The Beatles"

1967. Este LP, "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band" (traduzir é heresia grave !!!) é considerado o mais importante álbum de rock de todos os tempos. Com 13 músicas, foi lançado em junho na Inglaterra e Estados Unidos, transformando-se em fenômeno mundial em pouco tempo. Sua capa foi outro sucesso: com o conjunto aparecem fotos de importantes personagens públicos, de diversas épocas e áreas de atuação. Era, até, um divertido jogo: identificar o máximo dessas pessoas. Dizem que só Ringo não participou da seleção para a fotomontagem, por desinteresse. Veja aqui e aqui outros discos.



IMAGENS - Velharia: Agenda antiga

Agenda distribuida em 1949 aos segurados do "I.A.P.E.T.C.", com direito a mensagem e foto do Governador do Est. de S.Paulo à época (Adhemar de Barros, um dos políticos cassados pela revolução de 1964). Certamente um brinde pago pelos cofres públicos apenas para divulgação do governante, sem outro objetivo maior. Será que isso é coisa que só ocorria no passado ? Essa sigla significava "Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Empregados em Transportes e Cargas". Naquela época, até 1967, cada categoria de trabalhadores tinha seu próprio instituto de aposentadoria e pensão: "IAPI" (dos industriários), "IAPB" (dos bancários), "IAPC" (dos comerciários), "IPASE" (dos funci. públicos), etc. Nesse ano, então, todos foram extintos e substituídos pelo INPS, atual INSS.



IMAGENS - Gibi: "Batman"

Gibi alemão, de 1950. Mais gibi aqui e aqui.



FATOS - Protagonistas dos Anos Dourados

João Goulart ("Jango"). Vice de Jânio Quadros, assumiu a Presidência da República quando de sua traumática renúncia. Tomou posse em 07.09.61, após dias de muita tensão (visto que os ministros militares não o aceitavam como Presidente, sob a alegação de que era "comunista". Naquela época, em plena "Guerra Fria" (EUA x URSS), comunismo era o grande "bicho-papão" do mundo.
Gaúcho, iniciou-se na política em 1946. Foi Deputado Estadual, Federal, Secretário de Governo(RS), Ministro de Getúlio Vargas e Vice-Presidente de Juscelino e Jânio. Deposto pelo golpe militar de 1964, exilou-se no Uruguai. Faleceu na Argentina, em 1976, com 58 anos. Até hoje sua morte suscita especulações: de que teria sido assassinado (por overdose de medicamentos) a mando de militares brasileiros, ainda no poder. Seu governo (de dois anos e meio) foi marcado por convulsões sociais. Muitas decisões encontravam forte resistência de setores importantes da sociedade (como a determinação de implantar a "Reforma Agrária"). Aqui, mais acontecimentos do Governo Goulart.
Nota: Nesta seção, com em outras, não existe ordem de importância, de preferência, de representatividade, etc. A escolha é aleatória, bastando que a pessoa focalizada tenha protagonizada as atividades que realizou (na religião, na política, na arte, no esporte, etc) nos Anos Dourados.





FATOS - Cinema Brasileiro

Lançamentos de 1966:

Toda Donzela Tem Um Pai Que É Uma Fera = Comédia com: John Herbert, Reginaldo Farias e Walter Forster
Todas as Mulheres do Mundo = Comédia com: Leila Diniz, Paulo José e Joana Fomm
Essa Gatinha é Minha = Comédia com: Jerry Adriani, Pery Ribeiro e Annik Malvil
O Anjo Assassino = Drama com: Geny Flora, Celso Faria e Altair Lima

FATOS - Notícias da Época

Encerra-se hoje (dia 24) o "XXXVI Congresso Eucarístico Internacional", que vem sendo realizado na cidade do Rio de Janeiro desde o dia 17 de julho. Para esse Congresso (a que compareceram fiéis de todo o Brasil e do mundo) foi aterrada gigantesca área em frente à baía da Guanabara. Nesse local foi construído o altar-monumento, que tem como fundo a orla do mar. A imagem da Padroeira do Brasil, trazida de trem da cidade de Aparecida(SP), foi levada em procissão do centro do Rio até o altar do Congresso. Dom Helder Câmara foi o grande organizador desse monumental evento católico internacional, que termina após semana de intensa demonstração de fé. Em 1955. A primeira das fotos abaixo é de uma placa alusiva ao acontecimento. Ela era afixada na frente das casas daqueles que desejavam marcar sua devoção e homenagem.Veja outras notícias já publicadas aqui e aqui.








IMAGENS - Anúncio: "Sonorola"

Anúncio de 1955. Só a elegância dos móveis já seria atração em qualquer ambiente! E ainda tem rádio e aquele toca-discos automático. Nele, colocava-se um monte de disco ("LP") e ouvia-se música por horas a fio, sem precisar trocar a todo momento. Esses automáticos até que eram bem comuns nos anos 50/60 (para quem podia pagar, é claro!).
A Empresa deste anúncio ("Ponto Frio") manteve-se firme no mercado nas últimas seis décadas (foi fundada em 1946). Em junho do ano passado foi comprada pelo gigante "Pão de Açucar". Será mais uma marca antiga que desaparecerá (como "Mesbla", "Mappin", "Ducal", "Pirani" e outras) ? Nos logotipos das fotos abaixo vê-se que o pinguim de 1955 ficava virado para a esquerda. O pinguim atual fica para a direita (aquecimento global ?).





IMAGENS - Anúncio: "Motorola"

Anúncio americano de 1946. Olha lá um toca-discos automático bem "abastecido". Também mostra aparelho de rádio para AM e FM. Para nós, a "FM" só chegou na década de 60, mesmo assim, com pouquíssimas emissoras (utilizadas para música ambiente). Só a partir dos anos 70 começou a popularização da frequência modulada.



IMAGENS - Carro: "Cadillac Eldorado Seville"

1957. Olha só o tamanho da "fera"! Tinha "porta-malas" ou "porta-aviões" ? Carrões desse tipo eram símbolos de riqueza e opulência para a sociedade norte-americana de então. Mais carro aqui.



IMAGENS - Cartaz: "O Pecado Mora ao Lado"

1955. Nessa comédia, uma boa atuação de Marilyn Monroe. Nunca houve unanimidade quanto às suas qualidades como atriz. É desse filme uma das mais famosas cenas do cinema americano: Marilyn com o vestido levantado pelo vento de um respiradouro de metrô, na calçada. Veja outros cartazes aqui, aqui e aqui.







blcamargo.blogspot.com

FATOS - Parada de Sucessos

Mais sucessos de 1961:

-"Ave-Maria" (Dalva de Oliveira)

-"Rock do Ratinho" (Carequinha)

-"Quero Morrer no Carnaval" (Linda Batista)

-"Leva Eu Sodade" (Nilo Amaro & Seus Cantores de Ébano)

-"A Noiva" (Ângela Maria)

IMAGENS - Álbum de Figurinha: "A Dama e o Vagabundo"

Álbum de 1958. Veja outros já publicados: (1) - (2) - (3) - (4)












IMAGENS - Escola: Livro de Geografia

Livros que eram usados nos antigos "Ginásio" (1954) e "Colegial" (1959). Seu autor, Aroldo de Azevedo, é outro ícone dos livros didáticos no Brasil. Gerações aprenderam geografia do Brasil com suas obras. É dele, ainda, o primeiro mapa do relêvo do território nacional (ele era, também geógrafo). Veja mais material escolar aqui, aqui e aqui.





IMAGENS - Revista: "Historinhas Semanais"

Mini-revista lançada pela Editôra Abril em 1958, que já existia na Argentina. Era semanal (como o próprio nome diz), com poucas folhas e em formato de bolso. De leitura fácil, trazia contos com grandes ilustrações coloridas. Tinha historietas da Disney, além de argentinas e umas poucas brasileiras. Foi publicada até meados dos anos 60. Abaixo, fotos de revistinhas do final da década de 50. Aproveite e veja, também, alguns gibis já publicados: 1-2-3-4.














IMAGENS - Velharia: Livreto antigo (Tonico e Tinoco)

1954. Deve ter vendido à beça, nas festas e feiras do interiorzão do país, bem como nos grandes centros. Esses dois fizeram por merecer. Veja outras velharias em (1) (2) (3)


IMAGENS - Revista: "Casa e Jardim"

Com quase 60 anos de existência (nasceu em 1953) esta revista continua com a "corda toda" até hoje. Suas páginas mostram a evolução do estilo da arquitetura e decoração brasileiras nas últimas décadas. É muito considerada no meio profissional e, também, pelos leigos atrás de "inspiração" para seus devaneios naquelas áreas. Veja outras revistas aqui, aqui e aqui.

Revista de 1959:

Revista de 1967:


IMAGENS - Cartaz: "Com Água na Boca"

Filme nacional de 1956. Nessa comédia uma garota ingênua se empenha em realizar seu sonho de tornar-se estrela da TV. O namorado e uma dupla de palhaços (no bom sentido) fazem tudo para ajudá-la (e a confusão rola solta). Uma jovem, de nome Adalgisa Colombo, tempo depois de atuar nesse filme, conquista os títulos de "Miss Brasil" e "Vice-Miss Universo" (nos concursos realizados em 1958). Veja mais cartazes: 1-2-3-4-5.