quinta-feira, 15 de agosto de 2019

IMAGENS - Programa de TV: Novela "A RÉ MISTERIOSA"

PANORAMA I

Em 06.06.1966 estreava nos cinemas da capital paulista um filme que fez muito sucesso. Era o dramalhão "MADAME X", que aqui teve acrescentado o subtítulo "A RÉ MISTERIOSA". Contava a história de uma esposa que acaba mantendo um caso com antigo conhecido. Ela resolve acabar com essa relação e vai encontrar o amante para isso, mas uma tragédia ocorre nesse encontro: ele morre acidentalmente.

A sogra, que a seguia e viu tudo, obrigou-a  (mesmo sabendo que era inocente!) a desaparecer  repentinamente da vida do marido e de seu pequeno filho, fugindo para sempre.
É dada como morta e passa a ter uma vida de extremas dificuldades. 
Mas como "desgraça pouca é bobagem", nessa nova vida um outro "tranqueira" cruza seu caminho. Num momento de embriaguez ela conta seu passado ao vivaldino que vislumbra ganhar um dinheirinho e para  isso  viaja para contar ao ex-marido. Ela vai atrás e o mata na sua antiga cidade para impedir isso. E é presa! Não é reconhecida por ninguém, não se identifica e assina os papéis com um "X".

O Tribunal nomeia para defendê-la um jovem advogado que ela nem conhece. E,  mais pra frente,  ela fica sabendo que ele era justamente ... seu filho! O final é de uma tristeza intensa de "cortar o coração", que leva o espectador mais sensível a uma "cachoeira de lágrimas".


PANORAMA II

Em 02.05.1966 estreava na TV TUPI a novela "A RÉ MISTERIOSA", que tinha esse enredo central:
Esposa desgostosa com a vida que leva, pois o marido dedica-se pouco a ela e seu filhinho, arruma um amante. Passado algum tempo, e após a cunhada descobrir tudo, ela resolve acabar com essa relação fora do casamento. Só que o rapaz não aceita a separação e, num entrevero,  ele é morto acidentalmente.


06.06.1966










Para que isso não estragasse a carreira política do irmão, a cunhada promete não contar nada a ninguém se ela fugir de casa, desaparecendo para sempre. Ela faz isso imediatamente e, por longos anos, leva uma "vida de cão".

Um dia ela retorna no anonimato (irreconhecível devido a uma doença)  à cidade em que morava e um mau-caráter fica sabendo da sua vida e ameaça contar ao ex-marido e filho abandonados. Ela o matará (intencionalmente), será presa e irá a julgamento. E acaba descobrindo, por acaso, que o jovem  defensor nomeado pelo juiz  é ... seu filho!

Então ela revela toda a verdade ao marido (o motivo de sua fuga) e ao jovem advogado (que é sua mãe). E com isso, a cunhada é desmascarada. Sem dúvida, um final feliz de novela.
                               Protagonistas:
-NATHÁLIA TIMBERG (a "ré misteriosa")
-LIMA DUARTE (o marido abandonado)
-HÉLIO SOUTO (o filho)
-ELEONAR BRUNO (a cunhada maldosa)













NATHÁLIA TIMBERG E HÉLIO SOUTO














E, para encerrar esta longa matéria: perceberam alguma diferença na história do filme e da novela? Certamente os brasileiros e americanos beberam da mesma fonte e, o mais impressionante, ao mesmo tempo! Que coincidência, não é mesmo?

Mais "Programa de TV" AQUI.

Nenhum comentário: