terça-feira, 30 de abril de 2019

QUADRO DE AVISOS


IMAGENS - Velharia: "TRANSFORMADOR" e "ESTABILIZADOR"

Os eletrodomésticos nem sempre foram "bivolt" (que aceitam 127 e 220 volts) ou mais resistentes à variação de tensão, como hoje.
Vamos relembrar dois aparelhos que nos anos 50 e 60 eram a "salvação da lavoura" pois resolviam problemas recorrentes causados por  inadequações ou oscilações de tensão (comuns à época): o estabilizador e o transformador.

ESTABILIZADOR AUTOMÁTICO

ESTABILIZADOR MANUAL

O estabilizador acudia nas frequentes variações de tensão. Ele evitava que os utensílio elétricos fossem "queimados" ou não tivessem força para funcionar quando dessas alterações (para mais ou para menos).



TRANSFORMADOR
TRANSFORMADOR


O transformador tratava a incompatibilidade da voltagem (principalmente da TV e geladeira) com a da casa. Mudar de uma cidade para outra com voltagem diferente era uma grande dor de cabeça (comprar tudo novo?). Aí entrava o transformador, como "quebra-galho".





ESTABILIZADOR AUT.

TRANSFORMADOR




















NOTA: Não que esses dois aparelhos não sejam mais usados. Longe disso! Continuam "na ativa", só que para necessidades bem mais pontuais e específicas.


Mais "Velharia" AQUI.

FATOS - Moda: ROUPAS INFANTIS DOS ANOS 50/60


1960
1962

























1963
1965
























Mais "Moda" AQUI.

FATOS - ELES DISSERAM ...




Jornalista JOÃO SALDANHA, então técnico da seleção brasileira, quando alertado de que os clubes se oporiam à sua ideia de um torneio (a ser realizado meses antes da copa de 70) com a Seleção e times grandes do Rio, São Paulo e Minas. (1969)






Ministro das Relações Exteriores da África do Sul, um dos países mais racistas do mundo na época. (1959)






Atriz Fernanda Montenegro argumentando que a carreira teatral é muito sacrificante, instável e ainda uma aventura. (1966)










Secretário de Saúde de São Paulo após inundações ameaçarem surgimento de surto de moléstias contagiosas na capital paulista.
(1965)







Nelson Pereira dos Santos, diretor do recém terminado filme "Rio, 40 Graus" ante a proibição de sua exibição pelo Chefe do Depto. Federal de Segurança Pública. (1955)




IMAGENS - Escola: "PROGRAMA ESCOLAR"


EXEMPLAR DE 1950










CLIQUE AQUI E AQUI PARA LER SOBRE ESSES LIVRETOS E VER MAIS ILUSTRAÇÕES.












Mais "Escola" AQUI.

IMAGENS - Anúncio: Séries de TV dos anos 60 ("OS INTOCÁVEIS" - "ALÔ DOÇURA" - "NACIONAL KID" - "I LOVE LUCY"

Os anos 60 foram pródigos em séries memoráveis da televisão. Eis alguns anúncios em jornal e revista  divulgando-as para o público de SP e RIO.


REVISTA DE 1962
LEIA  SOBRE ESSA SÉRIE AQUI
JORNAL DE 1963
LEIA  SOBRE ESSA SÉRIE AQUI


























JORNAL DE 1964
LEIA SOBRE ESSA SÉRIE AQUI
REVISTA DE 1960
LEIA SOBRE ESSA SÉRIE AQUI e AQUI

























Mais "Anúncio" AQUI.

IMAGENS - Cartaz de cinema: FESTIVAL NATALIE WOOD

Mostramos cartazes  de alguns filmes (dos anos 50/60) de NATALIE WOOD, uma das eternas divas do cinema americano. Ao contrário da "rotina" hollywoodiana, ela teve apenas dois maridos: os atores Robert Wagner, em dois casamentos (1957/62 e 1972/ até sua morte), e Richard  Gregson (1969/71).
Fez o primeiro filme em 1943 (com 4 anos de idade). Em sua filmografia dos Anos Dourados destacam-se "JUVENTUDE TRANSVIADA", "CLAMOR DO SEXO" e "AMOR, SUBLIME AMOR".
Sua morte, em 1981,  até hoje está envolta em mistério: acidente ou suicídio?






"JUVENTUDE TRANSVIADA" 1955
ESTREOU NO BRASIL NO FINAL DE 1956
























"JUVENTUDE TRANSVIADA" 1955 (ELA E JAMES DEAN)



"SÓ FICOU A SAUDADE" 1958
"SÓ FICOU A SAUDADE" 1958 (ELA E
FRANK SINATRA)



















"AMOR, SUBLIME AMOR" 1961




"AMOR, SUBLIME AMOR" 1961

























"CLAMOR DO SEXO" 1961

"CLAMOR DO SEXO" 1961

"A CORRIDA DO SÉCULO" 1965
"A CORRIDA DO SÉCULO" 1965











"BOB, CAROL, TED E ALICE" 1969


"BOB, CAROL, TED E ALICE" 1969



















Mais "Cartaz" AQUI.

FATOS - CONSELHOS & DICAS DE ANTANHO (nº 167)


Mais "Conselhos" AQUI.

IMAGENS - Brinquedo: POSTO DE GASOLINA - "PARAFUSANDO" - "DKW CANDANGO"

Mais brinquedos que divertiam a criançada dos anos 50/60:



"DKW CANDANGO" ANOS 60
CLIQUE AQUI PARA LER SOBRE O "DE VERDADE"


POSTO DE GASOLINA 
ANOS 50

"PARAFUSANDO" ANOS 60
Mais "Brinquedo" AQUI.

ESTANTE DE LIVROS ("NEM SÓ DE CAVIAR VIVE O HOMEM" - "O HOMEM AO ZERO" - "EU, BAIXO RETRATO" - "O DESAFIO AMERICANO"

Mais livros que foram campeões de vendagem em 1968 (inclusive de dois autores brasileiros: Leon Eliachar e Juca Chaves):














Mais "Estante" AQUI.

====================== CANTINHO DOS ANOS 70 ======================

(uma "canja" para o pessoal PÓS anos 50/60)


I) FATOS - Velharia: Declaração de IMPOSTO DE RENDA de antigamente


Último dia  para entrega da declaração de I.R. de 2019. Isto não é um lembrete para os retardatários, não. Apenas introdução para o tema desta seção de hoje: o Imposto de Renda em décadas passadas.



1974-FORMULÁRIO MOD. "B"


1974-FORMULÁRIO MOD. "A"
O formulário mod. "A" era o que chamamos de "completo" (4 páginas e 2 anexos). Destinava-se aos mais abonados, com rendimentos acima do limite estipulado pela Receita para aquele ano.
O outro é o mod. "B", o chamado "simplificado" (com muito menos informações) para os não enquadrados no outro formulário mas que eram obrigados a declarar por alguma especificidade. Ambos só seriam aceitos se preenchidos à máquina ou com letra de forma.


CURIOSIDADES HISTÓRICAS (IMPOSTO DE RENDA)


-Lei de 1914 estabeleceu alíquota maior do I.R. incidente sobre vencimento e ordenado do Presidente da República, Senador, Deputado e Ministro.

- Os primeiros modelos de Declaração foram instituídos por lei de  1924. Ela determinava, entre outras coisas, que estavam isentos os rendimentos das pessoas que se iniciavam na primeira profissão.

- Em 1934 os escritores, jornalistas e professores foram considerados isentos do imposto conforme a  nova Constituição Federal.

- O Presidente Getúlio Vargas, por lei de 1939, descumpriu decisão do Supremo Tribunal Federal e restabeleceu o o imposto de renda para o funcionalismo público (que aquela tribunal havia julgado inconstitucional em julgamentos anteriores).

- Decreto de 1941 criou um adicional ao imposto devido por contribuintes maiores de 25 anos sem filhos (solteiros, casados ou viúvos) e por maiores de  de 45 anos com um só filho. As alíquotas desse adicional variavam de  5% a 15%.

- Em 1954 foi instituído o desconto na fonte sobre o trabalho assalariado. Só era retido de quem ganhava menos de  4 salários mínimos mensais (aproximadamente). Os com rendimentos superiores não sofreriam essa retenção, apenas pagariam o imposto na Declaração anual.

- Em 1968 foi criado o "CPF".

- Em 1974 foi criada a "Declaração Simplificada" (para assalariado com rendimento até Cr$ 108.000,00). Com ela o contribuinte poderia, independente de comprovação, reduzir até 20% do rendimento bruto a título de deduções cedulares e abatimentos).

- No final de 1979 o leão (o animal, não o histórico jogador do Palmeiras) foi escolhido como  o "astro"  nas campanhas de divulgação do tributo. Foi um sucesso e continua sendo o símbolo do Programa do Imposto de Renda até hoje.

Fonte: Receita Federal
++++++++++

II) PARADA DE SUCESSOS ("PIGEON WITHOUT A DOVE"/Patrick Dimon - "ROCK AND ROLL LULLABY"/B. J. Thomas - "THERE NO MORE CORN ON THE BRASOS"/The Walkers)


Nossa "Parada" de hoje traz três sucessos estrangeiros dos anos 70. Difícil não se emocionar ao ouvi-las:

"PIGEON WITHOUT A DOVE" 1979


"ROCK AND ROLL LULLABY" 1972


"THERE'S NO MORE CORN ON THE BRASOS" 1971

++++++++++

III) IMAGENS - Velharia:  ... ERA ASSIM EM ...

CALÇADÃO DA "RUA DA PRAIA" (EM CONSTRUÇÃO) - PORTO ALEGRE 1975


PÁTIO DO COLÉGIO - SÃO PAULO  INÍCIO DOS ANOS 70


PRAIA DO LEBLON - RIO DE JANEIRO 1973


"TERREIRO DE JESUS" - SALVADOR 1970

++++++++++

IV) IMAGENS - Programa de TV:  Série "CAPITÃO MARVEL"


Por causa de um filme recente, este personagem vem "atendendo" pelo nome de "SHAZAN". Mas, bem antes, já se chamou  "CAPITÃO MARVEL" (como ficou conhecido pela garotada dos anos 50/60). Sem dúvida, foi um dos mais queridos super-heróis da turminha, que não perdia um capítulo da série (que passou na Globo nos anos 70), sobre o garoto que se transformava no homem  mais poderoso da Terra).

JORNAL DE 03.10.1975

OS PROTAGONISTAS DA SÉRIE

























Esteve em "hibernação" nas últimas décadas e, agora, voltou a ficar em evidência com o lançamento do filme"Shazan" (que deverá ser mais um blockbuster produzido por Hollywood).

CENA DE UM GIBI DOS ANOS 50 (ILUSTRANDO A HISTÓRICA TRANSFORMAÇÃO)

CLIQUE NAS TELINHAS ABAIXO para ver/rever nosso amigo em seriado do cinema (1941), em série de TV (1975) e em desenho animado (anos 70/80):

SERIADO DO CINEMA


ABERTURA DA SÉRIE DA TV


DESENHO DA TV

E, para terminar esta "maratona", clique AQUI para recordar este personagem nos quadrinhos.

++++++++++

V) VOCÊ SE LEMBRA?   (ANOS 70)


... do humorístico de Jô Soares "O PLANETA DOS HOMENS"? (AQUI)

... de algumas das históricas reportagens da revista PLACAR? (AQUI) 

... dos sucessos "CASA NO CAMPO" (Elis) e "TÔ VOLTANDO" (Simone)? (AQUI)

... do gibi "DICO, O ARTILHEIRO"? (AQUI)

... do filmaço "INFERNO NA TORRE"? (AQUI)

...  de alguns dos programas de MOACYR FRANCO na TV? (AQUI)

... do álbum de figurinha "O PORQUÊ DAS COISAS"? (AQUI)

... dos brinquedos "AUTO-BAN" e bonecas "AMIGUINHA" e "SUZI"? (AQUI)

... da "ENCICLOPÉDIA JUVENIL SARAIVA"? (AQUI)

++++++++++

VI) IMAGENS - Gibi:  COLEÇÃO DE MOEDAS DISNEY

Mais uma coleção inesquecível. Não se trata de figurinhas, mas de moedinhas que vinham como brindes nos gibis da turma da Disney e tinham a efígie de alguns dos personagens.
Foi lançada em 1977 pela Editora Abril. Sucessaço!

FRENTE

VERSO


















COM ESTA SEÇÃO DE COISAS DOS ANOS 70  ENCERRAMOS A ATUALIZAÇÃO. AQUI TODAS AS PUBLICAÇÕES SOBRE ESSA DÉCADA.