sábado, 30 de maio de 2015

************************************QUADRO DE AVISOS************************************



IMAGENS - BRINQUEDO: BRINQUEDINHOS DA CRIANÇADA DOS ANOS 50






Mais "Brinquedo" AQUI.

FATOS - Cinema Brasileiro: "MEU NOME É TONHO" - "CANGACEIRO SEM DEUS" - "AS 3 MULHERES DE CASANOVA"

Mais filmes nacionais dos anos 60. Atentem para o elenco ("cast", como se dizia antigamente) cheio de figurinhas carimbadas do nosso cinema daqueles tempos (alguns, mais tarde também da TV):
Ozualdo Candeias (cineasta), Bibi Vogel, Mauricio do Valle, José Mojica Marins (o "Zé do Caixão"), Sergio Hingst (com mais de 100 filmes), Isabel Cristina (a da novela "Direito de Nascer", de 1964), Annik Malvil, Jofre Soares. Todos os filmes são de 1969.






























AQUI você encontra  cartazes e músicas dos anos 50. E AQUI, dos anos 60.

IMAGENS - Disco: WILSON MIRANDA

Wilson Miranda foi, sem dúvida, um dos mais famosos cantores dos anos 60.
Começou a carreira (em 1958) cantando versões de músicas jovens americanas (calypso, twist e rock). Atravessou os anos 60 com repertório bem variado, também interpretando  boleros e, até, samba. Na década seguinte firmou-se como cantor romântico.


anos 60
1962












1963
1965
1968













Clique nas telinhas para recordar alguns de seus sucessos dessa época.


"QUANDO" ("WHEN")

"BATA BABY" (VERSÃO)

"VENHA VER O QUE RESTOU DE MIM"

Mais "Disco" AQUI.

IMAGENS - Carro: TOYOTA "BANDEIRANTE"

Em maio de 1962 a montadora japonesa TOYOTA começou a fabricação de seus robustos ( e já famosos mundialmente) jipes e caminhonetes "Land Cruiser" no Brasil, nas versões curta e longa e capota de lona ou aço. Foi-lhe dado o nome de "BANDEIRANTE".

1963 (curto, com capota de aço)


1964 (caminhonete)


Mas a empresa já marcava presença antes disso. No início dos anos 50 iniciava-se a importação desses utilitários por revendedoras brasileiras. Em 1958 o jipe "Land Cruiser" começava a ser montado aqui.


1962
1969























O Toyota Bandeirante impressionava pelo tamanho (maior que o jipe Willys, nosso conhecido mais antigo). Potência e robustez eram seus pontos fortes. Conforto era o que menos se buscava. Afinal, o que se queria era um carro "fortão" que vencesse qualquer tipo de estrada, por pior que fosse. Vibração,  barulho, dureza, etc eram perfeitamente aceitáveis.

1965


 modelos 1966-1968


O Bandeirante deixou de ser fabricado em 2001. Fez história!

Mais "Carro" AQUI.

FATOS - CONSELHOS & DICAS DE ANTANHO (Nº 81)



AQUI todo o acervo de "Conselhos & Dicas"

IMAGENS - FLAGRANTES DOS ANOS 50/60

(1968) RAINHA ELIZABETH EM CORTEJO NA AV. ATLÂNTICA, R. DE JANEIRO, QUANDO DE SUA VISITA AO BRASIL 


(1951) ACIDENTE EM PRAIA DE NOVA IORQUE


(1950) MOVIMENTO CONTRA O ENVIO DE TROPAS BRASILEIRAS PARA A GUERRA DA CORÉIA

Mais "Flagrantes" AQUI.

FATOS - EFEMÉRIDES DOURADAS

30.04.1960

Prefeito da capital paulista fixa HORÁRIO DE TRABALHO dos educadores municipais, inclusive aos sábados: 07,30h/13,00h (manhã) e 12,30h/18,00 (tarde).

16.11.1949

GOVERNO DO HAITI instala o estado de sítio em todo o país sob alegação de "evitar distúrbios políticos e sociais".

04.08.1969

Cia. Telefônica Brasileira (CTB) solicita ao governo cobrança de TAXA ADICIONAL aos proprietários de telefone que fizerem mais de 90 ligações mensais. Essa medida diminuiria o número de "chamadas inúteis".

02.11.1965

Chefão da organização racista Ku-Klux-Klan de N. York suicida-se ao saber que sua ORIGEM JUDAICA havia sito descoberta por um repórter. Ele comandava campanha contra negros e judeus na região.

04.07.1962

RAUL CASTRO, irmão de Fidel e chefe das Forças Armadas de Cuba, é recebido em audiência pelo 1º Ministro da Rússia Nikita Kruchev.

Mais acontecimentos dos anos 50 e 60 AQUI.


FATOS - Moda: ARTISTAS ELEGANTES

Modelitos elegantérrimos exibidos por grandes damas da nossa arte nos anos 50. Notar alguns detalhes que faziam furor, como: sapatos com pulseiras no tornozelo, ombreiras masculinas, penteados, etc.

CACILDA BEKER
EMILINHA BORBA
DALVA DE OLIVEIRA

HEBE CAMARGO

Mais "Moda" AQUI.

LINDA E DIRCINHA BATISTA

IMAGENS - Programa de TV: Novela "A PONTE DOS SUSPIROS"

Voltamos à televisão dos anos 60 para relembrar mais um programa que marcou época: a novela "A Ponte dos Suspiros", que foi ao ar de 06.06 a 15.11.1969, às 21:30h, pelo "Canal 5"(TV Globo-SP).
























Os protagonistas, YONÁ MAGALHÃES e CARLOS ALBERTO, formaram o primeiro par romântico da emissora (na novela "Eu Compro Essa Mulher", de 1966-AQUI).
Este trabalho de Dias Gomes (sob pseudônimo) se desenrolava em Veneza, no ano de 1500, tempos da Santa Inquisição!






Os personagens de Yoná (LEONOR) e Carlos Alberto (ROLANDO) vão se casar. Mas, no dia do casamento, um amigo (também apaixonado pela noiva) denuncia o noivo aos inquisidores por crimes gravíssimos. Tudo armação!











Claro que as acusações eram falsas. Mas o coitado é condenado a cumprir longa pena de prisão. Onde? Na famosa (até hoje) PONTE DOS SUSPIROS (que era um local muito usado para esse fim, naqueles tempos).






Mas muitas águas rolarão (nos canais de Veneza) até o final da novela: o traidor Altieri (Jardel Filho) se casa com sua amada (que o detesta por razões obvias). Ela dá à luz um filho do ex-noivo. Tempos depois, acaba condenada (também por falsos motivos) à fogueira.





Apesar de tudo, haverá um final feliz: o traidor é morto em duelo com Rolando. Leonor escapará da morte e se junta ao amado para serem felizes para sempre.
Além do trio citado, também participaram (dentre muitos outros):
Arlete Salles - Paulo Padilha - Emiliano Queiroz - Mário Lago - Carlos Vereza - Ary Fontoura


                                                                      

E, finalmente, clique na telinha abaixo para sentir um pouquinho o "clima" dessa novela.



NOTA: Nossas homenagens ao grande artista ELIAS GLEIZER, falecido recentemente. Sua primeira novela foi "SE O MAR CONTASSE" (TV TUPI-1964). Veja matéria sobre esse trabalho AQUI.

FATOS - PARADA DE SUCESSOS ("GAROTA DO ROBERTO" - "TU ÉS O MAIOR AMOR DA MINHA VIDA"

Dois sucessos das "Paradas" brasileiras dos anos 60.

"GAROTA DO ROBERTO" - Waldirene - 1967


"TU ÉS O MAIOR AMOR DA MINHA VIDA" - Silvinho - 1962

AQUI grandes sucessos dos anos 50 e AQUI dos anos 60. De quebra, veja cartazes de filmes nacionais dessas épocas.

IMAGENS - Revista "SESINHO": MANDAMENTOS DO BOM ALUNO

Em sua edição de fevereiro de 1959, a revista "Sesinho" publicou este meigo trabalho do poeta e educador Walter Nieble de Freitas.
Leia AQUI matéria sobre essa revista publicada pelo SESI-SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA nos anos 40 a 60.


(CLIQUE NOS TEXTOS PARA AUMENTÁ-LOS)



























Mais "Revista" AQUI.

VITROLA ANTIGA: "GUARDE A SANDÁLIA DELA" (Germano Mathias) - "MAMBO ROCK" (Bill Haley)

Em nossa "VITROLA" de hoje dois bolachões da segunda metade dos anos 50. Um, para relembrar o maneirismo e ritmo todo especial de GERMANO MATHIAS. Outro, de BILL HALEY (que foi um dos papas do rock americano). Essas músicas fizeram grande sucesso no Brasil todo.


"GUARDE A SANDÁLIA DELA"


"MAMBO ROCK"


AQUI mais músicas de GERMANO MATHIAS e AQUI, dos reis da juventude dos anos 50 BILL HALEY, PAT BOONE e NEIL SEDAKA.

IMAGENS - Velharia: ... ERA ASSIM EM ...


INÍCIO DA AV. SÃO JOÃO (SÃO PAULO) FINAL DOS ANOS 50


PRAÇA TIRADENTES (CURITIBA) ANOS 40


PRAIA DE COPACABANA (R. DE JANEIRO) 1957

Mais "Velharia" AQUI.

VOCÊ SE LEMBRA?

... da "invasão" de filmes mexicanos em nossos cinemas nos anos 50? (AQUI)

...  da novela "O Cara Suja" e sua linda música-tema? (AQUI)

... do livro escolar "Meninice"? (AQUI)

... dos filmes de Elvis Presley? (AQUI)

... dos eletrizantes seriados das matinês de domingo? (AQUI)

... de "Popeye", o personagem de gibi que ficava forte ao comer espinafre? (AQUI)

Mais "Você se Lembra?" AQUI.

sexta-feira, 15 de maio de 2015

***********************************QUADRO DE AVISOS****************************************



FATOS - Cinema Brasileiro: MAZZAROPI

O cinema nacional teve um fenômeno popular nos anos 50 e 60: o comediante MAZZAROPI.
A cada filme novo, um recorde de bilheteria era batido (tanto nos  grandes centros e como nas cidadezinhas do interior). O motivo? Mazzaropi estava no coração do povo, vivendo personagens que encarnavam o simplório (mas muito esperto), o caipira (num país ainda rural), o desajeitado e desengonçado e outras variações.Tudo isso de maneira engraçada e misturado com  crítica social, solidariedade humana, opressão, bandidagem, conflitos emocionantes, etc.





1952 (1º filme)
1956
























1957
1960
1964

E assim levava milhões aos cinemas. Era idolatrado em todos os cantos do país, embora os "entendidos" e "intelectuais" torcessem o nariz para suas produções.


1965
1968

"SAI DA FRENTE" 1952

"O CORINTIANO" 1966
NO PROGRAMA DA HEBE  1979

Mazzaropi fez 32 filmes (o último em 1980). Faleceu em 1981, com 69 anos.

Mais "Cinema brasileiro" AQUI.