quarta-feira, 30 de novembro de 2011

AVISOS - MURAL DE LEMBRETES

* Próxima atualização: 15.12.2011.

* Faça um comentário: é fácil e rápido.

* RECORDAR FAZ BEM: ESTIMULA A MEMÓRIA! Divulgue este blog aos seus amigos e familiares "mais vividos" (ou "menos", também). Ajude-os a navegar pelos mares do tempo. Recordar é viver!

*Clique nas imagens, para AUMENTÁ-LAS.

* Visite os "links" registrados no final de cada matéria: eles levarão você a outras recordações.

FATOS - CONSELHOS E DICAS DE ANTANHO (nº 03)



Leia outros conselhos e dicas já publicados:   nº 01   -   nº 02

IMAGENS - Anúncio: LYSOFORM - QUAKER - JOHNSON - YPIRANGA

Anúncios de alguns produtos dos anos 50/60 que até hoje continuam nas prateleiras:



1952



1959



1960



1960



Veja também:  Revendedoras AVON   -   Vulcabrás   -   Quinta das Fontainhas  -   ARNO   -  Cafiaspirina   -   "Precisa-se"   -   Edifício COPAN   -   Sal de Fruta ENO   -   Aprenda a dançar

IMAGENS - Velharia: Futebol no rádio - FIORI GIGLIOTTI

Um dos inesquecíveis locutores de futebol do rádio brasileiro: Fiori Gigliotti.
Em toda sua vida profissional atuou em diversas emissoras paulistas (nos últimos anos, também na televisão) mas, sem dúvida, sua época de ouro foi nas rádios Bandeirantes (por 38 anos!) e  Panamericana (a Jovem Pan de hoje). Nelas ele passou os anos 50 e 60.





















Foi o criador de alguns dos bordões mais famosos do mundo da transmissão esportiva, como "O tempo passa. Aguenta coração", "Abrem-se as cortinas e começa o espetáculo", "Crepúsculo de jogo, torcida brasileira".
Quem, naqueles tempos, nunca ficou grudado no velho rádio "a válvula" (da família) ou com um radinho de pilha (Spica, Mitsubishi, etc) quase colado no ouvido para acompanhar a narração de um jogo de futebol. O som não era grande coisa, mas lá estava o Fiori com suas descrições emocionantes e suas alegres frases de efeito.


anos 50


anos 60



Seu peculiar modo de narrar levou os lances para os "olhos" do ouvinte por mais de 50 anos.










Crepúsculo de jogo, torcida brasileira! Fecham-se as cortinas e termina o grande espetáculo!: Fiori Gigliotti faleceu em 08 de junho de 2006, em S. Paulo.


Clique aqui para ler sobre outros "monstros" do futebol no rádio: Pedro Luiz e Mário Moraes.

FATOS - Programa de TV: "BOSSAUDADE" - TV Record

Programa com artistas da "velha guarda" apresentado na TV RECORD por quase dois anos (1965/1966). Era comandado por dois ícones da nossa música: ELIZETH CARDOSO e CYRO MONTEIRO e conseguiu a proeza de agradar a todo mundo: super elogiado pelos críticos e adorado   pelo seu público.







Na verdade, o programa foi criado para trazer de volta ao palco os artistas que já estavam sendo alijados do "show business", por não pertencerem aos movimentos musicais que dominavam a época (principalmente a nova MPB e a jovem guarda). Enquanto durou conseguiu resgatar do injusto esquecimento alguns "velhos" intérpretes (como Orlando Silva, Emilinha Borba, Sílvio Caldas, Araci de Almeida, João Dias e outros).





Mas, também era convidada a nova geração de cantores (Elis Regina, Jair Rodrigues, Chico Buarque, etc). Essa mescla foi o grande diferencial do Bossaudade. Era gravado em S.Paulo (no Teatro Record) e começou sob a direção de Manoel Carlos (sim, o consagrado novelista da Globo). Posteriormente (janeiro/66) passou a ser dirigido pelo grande diretor Nilton Travesso. Essa mudança foi feita para que o primeiro voltasse a se dedicar exclusivamente a um outro sucessão da emissora: "O Fino da Bossa".


lançado em 1966


A estréia, muito aguardada, deu-se em 14.07.1965 e foi exibida na televisão algumas semanas depois.

Clique na telinha para ver e ouvir Elizeth e Cyro cantando ("Tem Que Rebolar").





Veja também:   Topo Gigio   -   Um Instante Maestro   -   Os Intocáveis   -   Reporter Esso   -   Família Trapo   -   Capitão 7   -   O Homem do Sapato Branco   -   Papai Sabe Tudo   -   O Céu é o Limite

FATOS - PARADA DE SUCESSOS

Frequentaram as paradas de sucessos de 1958:

-"OUÇA" (Maysa)

-"ABISMO" (Anísio Silva)

-"TILL" (Percy Faith)

-"VOLARE" ("Nel Blu Dipinto Di Blu") = Clique na telinha para ouvir DOMENICO MODUGNO interpretando esse sucesso de todos os tempos:








Mais músicas de sucesso:   Hava Nagila   -   Ob-La-Di  Ob-La-Da   -   Eu e a Brisa   -   Tammy   -   The End   -   Lisbon Antigua   -   Smile   -   Saudosa Maloca   -   Oh! Carol!   -   Petite Fleur

IMAGENS - Velharia - RELÓGIO DE BOLSO e CANETA "TINTEIRO" PARKER 51

Relógio de bolso e caneta "tinteiro" Parker 51: dois "representantes" do charme dos Anos Dourados:










Aqui e aqui  mais sobre essas peças de distinção de um tempo de elegância..

IMAGENS - Revista: "DIVERSÕES ESCOLARES"

Revistinha lançada em 1960, que a editora ("Abril Didática") pretendia transformar num material auxiliar do professor e do aluno na vida escolar (e com isso, logicamente, "vender que nem água").



1960



O objetivo, propalado na época do lançamento, era tornar o estudo "mais instrutivo" e "mais divertido" para a infância e a juventude (públicos-alvo).



 1961



 1962



Realmente era uma bela revistinha. Muito colorida, bem ilustrada e com ótimo conteúdo para estudo.
Saiba aqui o que aconteceu com ela e (possivelmente) o motivo.



Mais revistas:   Foto Novela   -   Intervalo   -   Cinema   -   Manchete

VITROLA ANTIGA - "Poor Side Of Town"

Bela música, de 1966:   "POOR SIDE OF TOWN", de JONNY RIVERS. Clique para ouvi-la.







Ouça também:   Vesti Azul (Wilson Simonal)   -   Jailhouse (Elvis Presley)   -   Mas Que Nada (Jorge Ben)   -   Something Stupid (Frank e Nacy Sinatra)   -   O Conde (Jair Rodrigues)   -   Only You (The Platters)

FATOS - Moda: Vestido social e esportivo dos anos 60

Modelo de 1961. Apropriado para a mãe da noiva no casamento religioso. De tecido adamascado, inteiriço e estreito, com um belo "bolero" por cima.







Também de 1961. Modelo esportivo confeccionado com tecido de algodão




Mais moda:   Roupa para estudantes dos anos 50   -   Vestido "balão" e "saco"   -   Roupas femininas "caseiras"

IMAGENS - Escola - Livro Escolar: "CARTILHA DA INFÂNCIA"

Incrível a longevidade desse livro escolar, de autoria do professor paulista Thomaz Paulo do Bom Sucesso Galhardo.
Foi publicado pela primeira vez no início da década de 1.880!!! Com ampliações e modificações (feitas ao longo do tempo por discipulos)  ela chegou até os anos 90!!!



1939



1951



Por essa cartilha a alfabetização se processa pelo método da SILABAÇÃO: aprende-se a silaba, depois a formação de palavras e, por fim, a estruturação de frase.



 1964



 1964


O autor entendia ser a forma mais adequada para o nosso "ensino primário". Realmente, pelo menos até os anos 60, a maioria dos alfabetizandos aprendia a leitura e a escrita por esse processo.


Veja também:   Caminho Suave   -   Admissão ao Ginásio   -   Carteira escolar   -   Alongador de lápis
Curso de Desenho   -   Canto Orfeônico   -   Admissão ao Ginásio(II)   -   Terra Brasileira   -   Português   -   Estojo de lápis de cor   -   História do Brasil   -   Spoken English   -   Geografia   -   Programa Escolar   -   Manual de Civilidade   -   Maleta escolar   -   Coração Infantil   -   Ciências Naturais   -   Livreto de tabuada   -   Cartilha Sodré   -   Caderno escolar  -   Canto Orfeônico(II)   -   Latim   -   Cours de Français   -   Caneta de pena   -   Cartilha das Crianças   -   Infância Brasileira   -   Caderno escolar(II)   -   Boletim Escolar   -   Cartilha Sodré(II)  -   Coração Infantil(II)   - Aula de Religião   -  Admissão ao Ginásio(II)   -   Cartilha do Tatu   -   Cartilha de Bitu   -   Latim(II)   -   Caixa Escolar  -   Matemática Moderna   -     Flor do  Lácio   -   Biblioteca da Professora   -   Estojo "meia boca"   -   Livros de ARY QUINTELLA

ESTANTE DE LIVROS - "TENDA DOS MILAGRES" e "O PRISIONEIRO"

Para a nossa prateleira mais duas obras de importantes nomes da moderna literatura brasileira: Jorge Amado e Érico Veríssimo (escritas em 1969 e 1967, respectivamente)


"TENDA DOS MILAGRES"

exemplar de 1969



"O PRISIONEIRO"

exemplar de 1967


EFEMÉRIDES DOURADAS = anos 50 e 60

20.02.1954

Assinada Lei que obriga apresentação anual de laudos sobre a estabilidade de prédios usados em diversões públicas de São Paulo.


11.12.1962

Lei nº 4.178 extingue o trabalho aos sábados nos estabelecimentos de crédito.


30.05.1952

Senado rejeita projeto de amparo ao estudante pobre sob argumento de sua inexequibilidade.


24.08.1960

Tragédia em São José do Rio Preto mata 59 estudantes: ônibus que os levava para festa cívica em Barretos cai no Rio Turvo.


Leia também:   túnel submarino   -   MOBRAL  

FATOS - Cinema Brasileiro : "CONCEIÇÃO" - "ESSE RIO QUE EU AMO" - "SELVA TRÁGICA"

Nesses filmes uma  penca de grandes nomes do cinema nacional dos anos 50/60 (e, mais tarde, também das novelas da TV). Leia os cartazes.


1960



1962



1965




IMAGENS - Disco: Nilton César

Mineiro de Ituiutaba, foi cantor de grande destaque nos anos 60 e 70.
Como tantos outros, começou a perseguir o sonho do mundo artístico apresentando-se em programas de calouro.


1964


No início da década de 60 foi "tentar a sorte" em S.Paulo. E a trajetória de estrondosos sucessos teve início com a gravação quase imediata do primeiro disco (um 78 rotações). Aí não parou mais, gravando vários compactos e LPs nas diversas gravadoras por onde passou (RGE, Continental  e RCA Victor).

1964



Com a música "Professor Apaixonado", em 1965 estourou em todo o país.
Em 1968 outro mega sucesso: "Férias na Índia".



1968



No ano seguinte teve abertas as portas de diversos países com "A Namorada Que Sonhei" (para alguns, indevidamente, "Receba as Flores Que lhe Dou").


1969



Entrou nos anos 70 com um impressionante estoque de gravações bem sucedidas.


Clique nas telinhas abaixo para relembrar dois marcantes sucessos de Nilton César:


Férias na Índia



"A Namorada Que Sonhei"


Viaje pela nossa discoteca:   Ivon Curi   -   Bobby Di Carlo   -   Manezinho de Araújo   -   Miltinho

IMAGENS - Cartaz: "No Silêncio da Noite" ("In a Lonely Place")

É um suspense policial americano, legítimo representante dos famosos filmes "noir" dos anos 40/50.
Foi lançado em 1950 mas, sabe-se lá porque, só veio a ser exibido no Brasil em 1963.


 1950


Vamos à historia do filme:
Humphrey Bogart  é "DIXON", um decadente roteirista de cinema que vem atravessando longo período de falta de inspiração para fazer seu trabalho.
A situação é ainda mais agravada pelo seu temperamento explosivo, que o afasta das pessoas.


1963




Por isso acaba aceitando, a contragosto, trabalho para roteirizar uma obra de pouca qualidade. Está tão desmotivado com essa empreitada que paga a uma conhecida para ir à sua casa resumir-lhe a história (que ela conhecia por já ter lido o livro).
Isso é feito (parece que nada mais) e a moça vai embora, bem tarde da noite.
Na manhã seguinte ela é encontrada morta!!! Quem é o principal suspeito? Dixon, "of course"!
Para sua sorte, a bela vizinha da frente ("LAUREL") lhe dá um álibi que o livra das "garras da lei".



Dixon e Laurel



Os dias passam  e os dois acabam se apaixonando.
Mas, ao precenciar um ato brutal de Dixon, ela começa a ter dúvidas sobre sua inocência. (Essa importante cena está na telinha abaixo. Clique e assista pelo menos o pedacinho de 2,30' até 3,40'  quando aparece o comportamento super violento dele. Vale a pena):







Veja outros filmes:  Os Três Patetas   -   Seriados   -   Mary Poppins   -   Intriga Internacional

IMAGENS - Álbum de figurinhas: "HISTORIA DO BRASIL"

Mais um belo álbum (didático) dos anos 60. Foi relançado nas duas décadas seguintes. Material de primeira, inclusive com capa dura.














Isso não acontecia, mas bem que os Mestres daqueles tempos poderiam aproveitá-lo como material de reforço nas aulas de História.


IMAGENS - Alimento/Bebida - Refrigerante "SEVEN UP" (7UP)

Seven Up ("sevenap") chegou ao Brasil nos anos 50, após muito sucesso junto aos americanos.
Até o final da década seguinte esse refrigerante de limão ainda podia ser encontrado por aqui. Depois sumiu.


1960



Voltou novamente nos anos 80 e 90. Em 1995 Seven Up patrocinou o time de futebol do Botafogo-RJ (lembram-se do grande Túlio?), que acabou ganhando o Campeonato Brasileiro daquele ano.



tampinha de garrafa americana dos anos 50



Há muito não mais é comercializado por aqui, embora continue  nos Estado Unidos e outros países.
Uma curiosidade: na garrafa da atualíssima "H2OH", ao lado de sua composição química, aparece escrito "Seven Up" (???).


anúncio de 1961


Clique para ver:   Óleo Maria   -   Dulcora   -   Biscoitos Aymoré   -   Biscoitos São Luiz   -   Arroz Brejeiro   -   Sorvete KIBON   -   Soda Antarctica   -  CRUSH   -   Cinzano   -   Chá Matte Leão   -   Toddy   -   Guaraná Antarctica   -   Margarina Saúde

IMAGENS - Carro: CADILLAC - FORD

Mais dois carrões para nossa galeria de automóveis (americanos) dos tempos de opulência.



 Cadillac 1949






 Ford 1950






Mais carros:  Packard 1934   -   Caminhão FNM     -   Cadillac 1941   -   Buick 1950   -   Simca

IMAGENS - Gibi: Grandes clássicos em quadrinhos

Mais alguns clássicos da literatura brasileira e mundial em gibis. Os quadrinhos eram, sim, cultura!


1949


1955


1956


1957