quinta-feira, 30 de maio de 2013

FATOS - Diversos: DISCOS VOADORES CHEGAM AO BRASIL

Os anos 50 foram pródigos em "aparecimentos" de OBJETOS VOADORES NÃO IDENTIFICADOS nos céus do Brasil e do mundo todo. Eram os nossos velhos  conhecidos DISCOS VOADORES (ou OVNIs, ou OANIs ou UFOs), que "geralmente" vinham de Marte.
A qualquer notícia sobre essas "ocorrências" os preocupados terráqueos davam asas à imaginação, numa verdadeira epidemia que os jornais e  revistas (e gibis, é claro) sabiam explorar muito bem: vira e mexe noticiavam a "visita" de um deles (uma pequena amostra, logo abaixo)
Não foi à toa a grande produção de filmes sobre esse tema. Hollywood não deixaria de faturar em cima. Só para exemplo: "Invasão dos Discos Voadores"(AQUI) - "Invasores de Marte"(AQUI) - e o fantástico "O Dia Em Que A Terra Parou", de 1951(AQUI).



 23.10.1954


 22.10.1957


 21.02.1958


 23.07.1959

 1959


Mas, para nós, um caso se tornou emblemático, devido à repercussão alcançada pela extensa cobertura feita por "O Cruzeiro", até então a mais importante revista brasileira de  variedades da época:

"O CASO DA ILHA DA TRINDADE"


Eram fotos tiradas por Almiro Baraúna de um DISCO VOADOR sobrevoando a  Ilha da Trindade (litoral capixaba) na manhã do dia 16 de janeiro de 1958. O fotógrafo civil estava no navio-escola "Almirante Saldanha", a convite da Marinha, para acompanhar pesquisas oceanográficas.
De toda a tripulação (dezenas de pessoas) apenas ele e dois amigos declararam ter visto o disco.
Nos dias atuais esse fato é considerado um embuste montado com depoimentos falsos e truques fotográficos. Na época a própria Marinha do Brasil já demonstrava ceticismo. Mas há quem entenda o contrário.


Essas eram as fotos do "disco de Trindade"
ampliação de uma delas:



Matéria da revista "O CRUZEIRO", de 08 de março de 1958:




















Outros acontecimentos dos anos 50 e 60 AQUI.

***************************QUADRO DE AVISOS***************************


FATOS - CONSELHOS & DICAS DE ANTANHO (Nº 36)




Todo o material já publicado de "Conselhos & Dicas" está AQUI.

FATOS - Cinema Brasileiro: "Os Marginais" - "Jovens Prá Frente" - "Meu Japão Brasileiro" (Mazzaropi)

Mais alguns filmes nacionais de 1969 com famosos artistas do cinema, música e TV dos anos 60 e seguintes.


"Os Marginais"


"Jovens Prá Frente"


"Meu Japão Brasileiro"


Mais "Filme Brasileiro" AQUI  e  AQUI.

VITROLA ANTIGA: "RODA VIVA" (Chico Buarque)

Desta vez colocamos em nossa Vitrola um vinil com música de Chico Buarque. Falamos de "RODA VIVA" que ele defendeu com o grupo vocal "MPB4" no FESTIVAL DA RECORD de 1967. Classificou-se em 3º lugar (a campeã foi "Ponteio" e a vice "Domingo no Parque").


OUÇA A MÚSICA E VEJA AQUELA APRESENTAÇÃO APOTEÓTICA

Mais "Vitrola" AQUI.

IMAGENS - Revista: Capas de revistas estrangeiras com personalidades brasileiras

Revistas internacionais dos anos 50/60 que estamparam brasileiros famosos (em raríssimas reportagens de capa).


(1954)  (americana)


(1961)  (americana)


(1961)  (argentina)


(1953)  (sueca)


Mais "Revista" AQUI.

IMAGENS - Gibi: Capitão Z - Família Marvel - Hopalong Cassidy

Voltemos aos velhos tempos dos gibis, "leitura obrigatória" da garotada dos anos 50 (e 60) que  "vivia" comprando, "filando" dos amigos ou trocando.


"Capitão Z" (1953)


"Família Marvel" (1955)


"Hopalong Cassidy" (1955)


Outros gibis AQUI.

FATOS - Moda: Roupas infantis dos anos 50

Roupas femininas de lã para o inverno de 1956.


Bonito e quente "manteau", todo forrado, para garota até 14 anos. Em pura lã mescla e macia.


Casaquinho de malha em pura lã, com dois bolsos baixos. Calça comprida esporte em tecido liso ou fantasias. Bolsos embutidos.
O modelo da direita é uma saia, também de lã, em tecidos escoceses. É franzido, com suspensórios largos e ajustáveis por botões. Fica bem com agasalho curto.


Mais "Moda" AQUI.

IMAGENS - Estante de Livro: "BIBLIOTECA DAS MOÇAS"

Nossa Estante de hoje recebe uma coleção de pequenos livros direcionada às moçoilas dos anos 20 até os anos 60 (início). Contava histórias de amor bem açucaradas e, portanto, com finais sempre felizes.  Era a "BIBLIOTECA DAS MOÇAS".
As situações vividas nos romances nada tinham a ver com a nossa realidade da época, pois as obras vinham importadas  de Portugal e da França, especialmente.






Essa coleção era formada por quase 200 exemplares e vendida em livraria e banca de jornal (como os conhecidos fascículos). Teve grande aceitação por parte do público feminino jovem. Os exemplares eram baratos (pois de papel imprensa e edição simples) e tinham textos de fácil leitura.



1955
1956













Dentre os inúmeros autores, destaca-se  "M. DELLY", pseudônimo de um casal de irmãos franceses (bem populares em seus país) responsável por boa parte da coletânea.



1957


Nos anos 80 tentou-se reviver a "BIBLIOTECA DAS MOÇAS", com a publicação de alguns de seus livros. Mas os tempos são outros e a candura das histórias não mais encontra lugar.


Visite nossa "Estante" AQUI.

IMAGENS - Escola: O SISTEMA EDUCACIONAL DOS ANOS 60/EXAME DE ADMISSÃO

Nos anos 60 o sistema educacional brasileiro estava assim estruturado:




Durante 40 anos (até o início dos anos 70) a criançada, ao término do PRIMÁRIO,  precisou submeter-se a um "vestibular" para ingressar na próxima fase dos estudos: o Curso Ginasial.
Era o histórico "EXAME DE ADMISSÃO", que foi extinto em 1971 quando a Lei nº 5.692 (que reorganizou o ensino brasileiro) juntou o Primário com o Ginásio.
Alguns livros usados pela garotada que se preparava para esse exame (no "Curso de Admissão"):

anos 50


1957


1959



Mais informações sobre o "Exame de Admissão" AQUI.



IMAGENS - Disco: TRILHAS SONORAS DO CINEMA

Nos anos 50/60 as músicas de trilhas sonoras de filmes faziam imenso sucesso.
Eram as chamadas "soundtrack", geralmente instrumental, executadas por grandes orquestras americanas sob o comando de dezenas de maestros/compositores de primeira grandeza, como Henry Mancini, Billy Vaughn e Glen Miller.
Para matar saudades, vamos ouvir  discos desse tempo com algumas dessas composições.




"THE PINK PANTHER" - 1963 - de "A Pantera Cor de Rosa", com Peter Sellers



"THE MAGNIFICENT SEVEN" - 1960 - de "Sete Homens e Um Destino", com  Yul Brinner



"THE WINDMILLS OF YOUR MIND" - 1968 - de "Crow, o Magnífico" cin Steve McQueen



"FROM RUSSIA WITH LOVE" - 1963 - de "Moscou Contra 007", com Sean Connery


Nossa "Discoteca" está AQUI.

FATOS - EFEMÉRIDES DOURADAS

29.01.1968

Força Pública paulista inicia utilização de policial feminina no controle do trânsito no centro de São Paulo.


08.06.1964

Crise de abastecimento no Rio faz o exército ocupar refinarias de açúcar para fiscalizar a distribuição do produto.


21.09.1966

Assinada a lei que cria o Código Nacional de Trânsito. Dentre outras medidas, determina a idade mínima de 17 anos para condução de automóvel.


07.06.1962

Governo Federal restabelece o tabelamento do preço do feijão e arroz para venda ao consumidor.


Outras notícias dos anos 50 e 60 AQUI.

IMAGENS - Anúncio: gordura de côco - regulador feminino - moedor de café - banco

(1949)prever a recomendação?



(1955) ainda existe, só que não mais para curar "males da mulher"



(1957) "maquininha" muito comum nos bares da época



(1957) o que uma coisa tinha a ver com a outra?


Mais "Anúncio" AQUI.

IMAGENS - Cartaz: FESTIVAL DE FILMES DE GUERRA (II)

Mais cartazes de filmes de guerra. Estes eram estrelados por alguns dos ídolos da garotada e rapaziada dos anos 50 e 60 (só atores porque dificilmente uma atriz seria protagonista em filme desse gênero, não é mesmo?) como Peter O'Toole, Omar Sharif, Rock Hudson, George Peppard, Henry Ford, Yul Brynner, Richard Widmark.


"SACRIFÍCIO SEM GLÓRIA" (1964)


"UMA BATALHA NO INFERNO" (1965)


"TOBRUK" (1966)


"A NOITE DOS GENERAIS" (1967)


AQUI mais filmes de guerra e AQUI todo o acervo de "Cartaz".

IMAGENS - Brinquedo dos anos 60


"cavalinho" para ser empurrado (sem pedal)


a viatura "de verdade" era conhecida como "baratinha"


espirógrafo,  além de divertir com "arte" ainda servia para enfeitar trabalhos escolares


Mais "Brinquedo" AQUI.


IMAGENS - Carro: "LINCOLN CONTINENTAL"

Esse luxuoso e clássico carrão (de 1948) aí em baixo é o LINCOLN CONTINENTAL, considerado uma das "sete maravilhas" do mundo do automóvel (de todos os tempos).








Foi criação da Lincoln (na época ainda uma divisão da Ford americana) no início dos anos 40. Em 1949 teve a produção interrompida. Em 1956 voltou à linha de montagem, agora pela própria Ford. Terminou a "carreira" em 2002, após mais de 60 anos de vida.








Mais "Carro" AQUI.


OPS!!! Esta edição de 30.05.13 ainda não terminou. Clique em "Postagens mais antigas" (LOGO ABAIXO) para continuar a leitura.