segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

IMAGENS - Cartaz de cinema: FESTIVAL DE FILMES MEXICANOS

Você tem ideia de "a quanto anda" o cinema mexicano? É bem provável que não.
Nos dias atuais é quase inexistente por aqui. Mas já teve seus dias de glória entre nós!
Graças à ajuda do seu vizinho grandão, a indústria cinematográfica do México passou por um período de esplendor nas décadas de 40 e 50.


1946 
1950 




















A América Latina foi invadida por filmes desse país, principalmente nos anos 50. E o Brasil não ficou fora dessa "febre". Toda a produção era exportada pela "PELMEX-Películas Mexicanas", empresa estatal fundada em 1945, que cuidava da distribuição (no Brasil, também, da exibição nas salas).


1951






Por isso, muitos atores e atrizes ficaram conhecidíssimos do público brasileiro da época, como: MARIA FÉLIX, MÁRIO MORENO ("CANTINFLAS"), PEDRO ARMENDÁRIZ, DOLORES DEL RIO, ARTURO DE CÓRDOBA e outros.


1954






Os temas dos filmes eram bem variados e mostravam muito do folclore do país (aí incluídos os típicos e enormes "sombreros"): comédias, musicais, os chorosos "dramalhões mexicanos", aventuras, policiais, terror, bang bang e (incrível) sérios filmes de heróis mascarados de luta livre!









(Cena de "NO ME OLVIDES NUNCA", DE 1956)



O FILME "CIELITO LINDO" (1957) TORNOU-SE MUNDIALMENTE CONHECIDO. SUA MÚSICA HOMÔNIMA (QUE JÁ EXISTIA ANTES) É UM VERDADEIRO HINO DO
MÉXICO. 


"CIELITO LINDO" - Pedro Infante


Capítulo à parte merece o comediante "CANTINFLAS". Veja duas matérias sobre ele AQUI e AQUI.

Viaje por centenas de cartazes de filmes AQUI.

Nenhum comentário: