segunda-feira, 15 de agosto de 2016

=======================CANTINHO DOS ANOS 70=======================

 (uma "canja" para o pessoal PÓS ANOS 50/60")


I) IMAGENS - Álbum de Figurinha:  "AMAR É ..."

Colecionar figurinhas (veja matéria AQUI) era um dos "hobbies" preferidos da garotada dos anos 50/60. Mas, curiosamente, nunca atraiu a atenção das meninas. Isso até chegar ao Brasil as figurinhas autocolantes "AMAR É ...", que a Editora Abril lançou em 1978! (o álbum abaixo é de 1979)























Eram adesivos com desenho de um casalzinho pelado acompanhado de mensagens românticas. O álbum ficava completo com 226 figurinhas (não existiam "difíceis" nem "carimbadas", mas sim muitas "repetidas"). Cada pacotinho (vendidos em bancas de jornal) vinha com 3 unidades.










































"Amar é ..." não era coisa só de meninas. As adolescentes também entraram nessa "febre" mundial. Foi relançado em 1982, 1991 e 2005

AQUI mais "Figurinhas"


====================================

II) IMAGENS - Carro: PERUA FORD "BELINA"

Em março de 1970 a Ford iniciou a venda de sua primeira perua construída no Brasil. Por ser "derivada" do CORCEL, foi chamada de "CORCEL BELINA". As diferenças entre os dois modelos eram mínimas: carroceria maior (para comportar mais passageiros e carga) e algumas mudanças pontuais na parte mecânica.

1970



Pouco antes, a Volks havia lançado a sua perua: a "VARIANT", muito menos luxuosa e de menor presença








1970





A Belina foi oferecida em 3 mode-
los: STANDART, LUXO e LUXO
ESPECIAL (com faixas  laterais e
parte do painel  feitos de  material
sintético imitando jacarandá







1971





A dirigibilidade desta nova perua
era a mesma dos demais modelos Corcel




1973





Embora o motor fosse meio fraqui-
nho para seu porte, ela  conquistou o  mercado  pelo  conforto, interior silencioso e economia de combustí
vel  (além,  é claro,  do amplo espa
ço para 5 pessoas e porta-malas ge
neroso)






1977





Em 1978 a Ford lançou (com mui-
tas modificações) a  "BELINA II".









1970



1970
    Mais "Carro" AQUI.


========================================

III) IMAGENS - Velharia:  "TELEJOGO PHILCO"

Em 1977 a PHILCO (então "PHILCO/FORD" por ter sido incorporada pela montadora nos anos 60) lançou no Brasil o videogame "TELEJOGO", um dos "ancestrais" dos games de alta tecnologia de hoje.










Podia ser  liga-
do em qualquer
tipo de televisor










Na tela eram vistos traços  que os jogadores faziam subir e descer  para rebater um quadradinho (que seria a bolinha). Bem simples, não? Mas seus jogos de TÊNIS, FUTEBOL e PAREDÃO eram um grande divertimento para a família toda.

Ei-lo preparado para começar o jogo


Fez tanto sucesso que a PHILCO lançou, dois anos depois, o "TELEJOGO II" que trazia significativas inovações como, dentre outras: "JOYSTICKS" (que permitiam movimentações também na horizontal) e MAIS JOGOS (agora, 10: HOCKEY, TÊNIS, PAREDÃO I, PAREDÃO II, BASQUETE I, BASQUETE II, FUTEBOL, BARREIRA, TIRO AO ALVO I e TIRO AO ALVO II.

A 2ª Geração


RELEMBRE COMO SE JOGAVA NUM "TELEJOGO". É SÓ CLICAR NA TELINHA ABAIXO:


Mais "Velharia" AQUI.

=======================================

IV) PARADA DE SUCESSOS: "PAVÃO MYSTERIOZO" (Ednardo) -  "LOVE HURTS" (Nazareth) - SÓ LOUCO" (Gal Costa)

Em 1976 estas três músicas estiveram em todas as "Paradas"  das rádios brasileiras.





Mais músicas das "Paradas" AQUI.

========================================

V)  VAMOS AO TEATRO? ("MARIDO BOM, TEM QUE SER MACHAO" - Dercy Gonçalves -- "DZI CROQUETES" -- "RODA COR DE RODA" - Irene Ravache/Rolando Boldrin -- "TUDO BEM NO ANO QUE VEM" - Glória Menezes/Tarcício Meira -- "TIRO AO ALVO" - Marco Nanini/Liliam Lemmertz)

1970
1975



1976
1973
1979
Mais "Teatro" AQUI.

Nenhum comentário: