quinta-feira, 30 de abril de 2020

IMAGEM - Carro: "CAPETA"

Se o leitor visitou o IV Salão do Automóvel de São Paulo realizado no Ibirapuera em dezembro/1964, então conheceu o "CAPETA" da "Willys-Overland".
Foi o primeiro "GRAN TURISMO" brasileiro ("GT": carro esportivo de luxo e alta potência, muito utilizado em competições),  uma das "vedetes" daquele evento.
Se não visitou, dificilmente teria sabido de sua existência (como muitos e muitos brasileiros).

EI-LO NA IMPRENSA, SENDO APRESENTADO NO SALÃO



























Esse belíssimo carro NÃO FOI ALÉM DO PROTÓTIPO! Logo depois  ficou bem claro que a montadora não tinha intenção de fabricá-lo em série. Apenas queria provar que o Brasil também podia fazer  um "GT". Que coisa, não? Um tremendo investimento por puro capricho? Só para ser mostrado em eventos? Enfim, essa versão dos fatos é corroborada pela grande imprensa até hoje!





A carroceria desse  automóvel era de fibra de vidro, o chassis em base tubular e os componentes do "Aero-Willys".

Mais "Carro" AQUI.

Nenhum comentário: