segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

IMAGENS - Gibi: "Cavaleiro Negro"

1959



Laredo, uma cidadezinha do Velho Oeste americano, tinha um médico. Coisa rara por aquelas bandas. Seu nome: Dr. Robledo. Ele era um pacato cidadão que tinha umas características estranhas: não andava de revólver na cintura (escândalo!); sempre de terno, colete e gravatinha; era avesso a qualquer tipo de  briga; tímido e até delicado ( no meio de brutamontes!).


1966



Mas, bastava um ato de violência, de injustiça ou de opressão contra  pessoas de bem  para transformá-lo no .....Cavaleiro Negro!!!


1964



O destemido justiceiro, rápido no gatilho, pronto a fazer os malfeitores pagarem pelos seus crimes. Não havia "fora-da-lei" que não tremesse num duelo com ele.
Era só trocar de roupa (que devia ser tudo preto, mas estava mais para o azul marinho) e lá estava o Cavaleiro Negro botando os bandidos pra correr (ou na cadeia). Capa e máscara faziam parte de sua "indumentária".
Até o pangaré do Dr. Robledo (que tinha os sugestivos nomes de "Moleza" ou "Molenga") passava por transformação: virava um fogoso e musculoso cavalo, com o nome de "Satã" (claro que isso nunca era questionado pela garotada).


1966


Esse personagem chegou ao Brasil em 1949 e no ano seguinte já ganhava seu gibi próprio, que fez grande sucesso e teve mais de 200 números. Era muito bom!


Clique nos títulos para ver mais gibis:   Brasinha   -   Capitão 7   -   Gibi em cores   -   Antar   -   Nancy   -

 As Aventuras do Anjo   -   Kit Karson   -   Capas repetidas   -   As Aventuras do Anjo II   -    Jerônimo   -

 Falcão Negro  





3 comentários:

JOVEM GUARDA HOJE disse...

Olá amigo. Vc tem esse Almanaque do Cavaleiro Negro de 1964? Essa história (ele contra o máscara) eu li nos anos 60 (quanto tempo, heim?) Eu gostaria de comprar esse gibi para ler de novo. Grato Robson. Meu e-mail faste7777@terra.com.br

"blcamargo" disse...

Olá, Robson. Infelizmente não posso ajudá-lo. Grato pela visita e comentário.

Anônimo disse...

Existiam ainda, o Águia Negra, o Flecha Ligeira, O Kit Carson e demais revistas que no final do ano surgiam no Almanaque que reunia todos os personagens daquela época maravilhosa.