quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

IMAGENS - Cartaz: "ANASTÁCIA, A PRINCESA ESQUECIDA"

Filme de 1956 com dois "monstros sagrados" do cinema americano: a linda INGRID BERGMAN e o careca YUL BRYNNER. 
Ela brilhou nas telas nos anos 40 e 50. Ele, nos 50 e 60.






Este filme, o mais famoso sobre o tema, ficciona uma passagem importante da história da Rússia czarista: o último czar russo, Nicolau II, foi deposto no início de 1917. A queda da monarquia desencadeou, ainda nesse ano,  a famosa REVOLUÇÃO RUSSA que levou Lênin e o comunismo ao poder e criou a "URSS".






Nicolau II, sua esposa e os 5 filhos foram assassinados no ano seguinte a mando dos novos dirigentes do país.
Logo depois correria, por décadas, o que hoje chamaríamos de "lenda urbana": ANASTÁCIA (ENTÃO COM 17 ANOS) HAVIA SOBREVIVIDO AO MASSACRE DA FAMÍLIA E ESTAVA VIVA.





É a "deixa" para o nosso filme de hoje: nos anos 20, em Paris, militar exilado russo (Bynner) apresenta ao mundo uma mulher desmemoriada (Ingrid) como sendo a Princesa Anastácia.
É um plano que ele e sua turma de escroques engendram com o objetivo de se apoderarem de vultosa herança da família real russa que a "herdeira" (inocente nessa tramoia toda) teria direito.






E situações interessantes passam a acontecer enquanto a "princesa" vai sendo preparada para o "papel".
Por este filme, Ingrid Bergman ganhou o "OSCAR" de Melhor Atriz.


Não deixe de relembrar Ingrid e Brynner em  ação. Clique na telinha:


Outros filmes:   Charlie Chaplin   -   O Homem Que Matou o Facínora   -   Os Três Patetas

Nenhum comentário: