terça-feira, 30 de agosto de 2011

IMAGENS - Cartaz: Faroeste italiano ("Western Spaghetti")


Nos anos 60 um gênero (ou subgênero?) de filme atraiu multidões aos cinemas da época: o faroeste feito na Itália.
Pela sua origem, esses filmes acabaram sendo chamados de "western spaghetti". Tinham produtores e diretores italianos e normalmente eram rodados na Espanha.


 1964


Os atores não eram só italianos, mas americanos e de outras nacionalidades.
As trilhas sonoras foram um capítulo à parte nessa história: muitas se tornaram grandes sucessos no mundo todo. Ennio Morricone foi o maior de todos os maestros que compunham músicas para essas produções.


1965 (Montgomery Wood era o famoso Giuliano Gemma usando pseudônimo )

  

 1965


Quem ousaria fazer bang bang fora dos Estados Unidos, sendo que Hollywood sempre foi a dona do pedaço? Pois o diretor italiano Sergio Leone ousou! Seu nome ficou marcado na história do cinema mundial. Foi o pioneiro com quem tudo começou.


 1967


Os italianos haviam descoberto um filão de ouro, que teve seu auge no decorrer naquela década. Nos anos 70 já não tinham o mesmo brilho.
Os "mocinhos" dos faroestes italianos eram bem diferentes daqueles que todos estavam acostumados a ver nos filmes americanos: geralmente eram feiosos, sujos, violentos, sem caráter e com algumas outras "qualidades".


1969



Alguns atores que marcaram esse gênero: Clint Eastwood (é aquele mesmo!!!), Franco Nero, George Hilton, Giuliano Gemma. Não podemos esquecer do brasileiro Anthony Steffen (falecido em 2004 no Rio de Janeiro, onde passou a morar depois de aposentado do cinema) que atuou numa penca desses filmes.


1969





Esta música é uma das mais representativas trilhas sonoras dos bang bang à italiana. É do filme "Três Homens em Conflito". Clique na telinha para ouví-la:




Veja também:   A História de Ruth   -   Matinês   -   Os Desajustados   -   Intriga Internacional   -  

Nenhum comentário: