sexta-feira, 15 de outubro de 2010

FATOS - Programa de TV: "Mappin Movietone"

Foi um marco no telejornalismo brasileiro. Esse noticiário era patrocinado pela histórica LOJAS MAPPIN, de S.Paulo, fundada em 1913 e da qual só restou o nome.
Essa empresa inovou o marketing ao investir em um programa de televisão com vistas a divulgar sua marca e produtos.
Foi ao ar de 1953 a 1965 nas TV TUPI, TV PAULISTA (futura Globo) e TV RECORD.
Pelo Mappin Movietone passaram importantes nomes da televisão: Toledo Pereira, Roberto Côrte Real, Cacilda Lanuza, Branca Ribeiro (apresentadores), Lolita Rodrigues e Vida Alves (garotas-propaganda).




Na foto, Roberto Côrte Real em seu posto de trabalho (com a gravatinha borboleta, que era sua marca registrada).
O termo "Movietone" (do título do programa) fazia alusão ao cine-jornal que era apresentado antes do filme,nas grandes salas de cinema da cidade de S.Paulo, nos anos 50.

Mais programas de tv aqui, aqui e aqui.



3 comentários:

Antonio Carlos Hoffmann disse...

Se não me engano um dos apresentadores era também o Paulo Bonfim.

Antonio Carlos Hoffmann disse...

Se não me engano um dos apresentadores era também o Paulo Bonfim.

Godinho (funcionário aposentado do TJSP disse...

O senhor não se enganou o Dr. Paulo também trabalhou no mappim movietone e seu sobrenome é com a consoante M antes do F o que foge um pouco do português que aprendemos é também um grande historiador da cidade de São Paulo,tinha como grande amigo Antônio Ermírio de Moraes, estive com Dr Paulo no começo do ano 2018 no prédio do TJSP se a memoria não estiver falhando.
Vou relatar aqui uma passagem do Dr. Paulo que poucas pessoas conhecem.
No prédio da Caixa Econômica Federal ao lado da praça da Sé em São Paulo estava tento um evento com as obras dos quadros de Anita Malfatti e dentre esses quadros o do Dr. Paulo Bomfim que teve seu rosto pitado por Anita para capa do livro de Anita e, o Dr. Paulo foi até esse evento mas diante de tantos quadros o DR. Paulo não estava encontrando aquele com seu , então o Dr. Paulo pediu ajuda a uma moça que estava trabalhando no evento e ela de pronto o levou até o quadro e ao chegar diante do quadro a funcionária falou para o Dr. Paulo, " olha eu não sei se o senhor sabe mas este rosto é de um poeta e seu nome é Paulo Bomfim que está vivo e mora aqui na cidade de São Paulo"
Este é meu comentário