sábado, 30 de outubro de 2010

ESTANTE DE LIVROS

Emília (boneca), Dona Benta, Narizinho, Tia Anastácia, Pedrinho, Marquês de Rabicó (porquinho), Visconde de Sabugosa (sabugo de milho)... Quem não conheceu?
Foram companheiros da rapaziada dos Anos Dourados nas "eletrizantes"  e muito educativas aventuras  escritas por Monteiro Lobato.

Edição de 1954





Originalmente publicado em 1941. Discute o meio ambiente a partir da engraçada idéia de Emília (só podia ser dela!) em corrigir os "erros" da Natureza (exemplo: porque a centopéia tem tantas pernas e a coitada da minhoca nenhuma?)








Os personagens viviam num lugar mágico (Sitio do Pica Pau Amarelo), onde a imaginação corria solta.
A obra infanto-juvenil de Lobato deu grande contribuição na formação do hábito da leitura de grande parte da garotada dos anos 50/60.



Edição de 1960



Lançado em 1934. Uma divertida maneira de estudar a Língua Portuguesa através de inteligente dramatização da Gramática. A criança é motivada ao estudo pelas brincadeiras.




Com esses dois livros iniciamos a apresentação de uma série de trabalhos de Monteiro Lobato (também  com obras dirigidas ao público adulto).


6 comentários:

Jussara Gehrke disse...

Que bacana seu blog, adorei!
Se vc conhece Jacarei pode entrar no grupo Jacareienses pelo Mundo no Facebook, eu criei e está muito legal, e tem muitas fotos que o pessoal posta, tem fotos de latas de Biscouto Jacarehy lá, só que agora ela é um pouco diferente porque mudou o dono. Eu estive em Jacarei em julho para uma reunião de amigos e ganhei uma lata, veja aqui no meu outro blog
http://jussaradg.blogspot.com/2010/07/jacarei-um-encontro-real.html

abraço
Ju

Jussara Gehrke disse...

Se quiser ver o grupo de jacareienses no Facebook este é o link

http://www.facebook.com/group.php?gid=136650236349817

"blcamargo" disse...

Vi e achei legal.Valeu, Jussara. Um abraço.

"blcamargo" disse...

Grato, Jussara pela gentileza da resposta. Vi seus dois blogs. Beleza! Parabéns pela iniciativa e pela sua animada tchurma! Continue firme. Quanto à lata, continuo a "cruzada". Ambiciono uma imagem da lata "velha". Quando garotinho meu pai comprava uma, sempre(anualmente)que passávamos na região de Jacareí (beiradas da Dutra) para irmos à Aparecida.
Felicidades.

Iriscelta disse...

Tinha essa coleção e me fazia viver num mundo de magia!!!

"blcamargo" disse...

Grato pela visita e comentário. Volte sempre. Abração.