sábado, 15 de outubro de 2011

IMAGENS - Escola: LIVRO DE MATEMÁTICA DE ARY QUINTELLA

Hoje vamos homenagear um dos papas do livro didático de MATEMÁTICA dos anos 50 e 60: Professor Ary Quintella.


1954



No início da década de 40 o ensino secundário do país sofreu grande reestruturação (pela chamada "Reforma Capanema"), levando ao surgimento do Ginásio (4 anos), no 1º Ciclo e  do Clássico e do Científico (ambos com 3 anos), no 2° Ciclo. As diretrizes dessa Reforma permaneceram em vigor até 1961.


1955



Com isso a Matemática passou a ter um destaque muito maior (ao contrário de hoje, parece) e os livros didáticos tiveram seus conteúdos inteiramente reformulados para atenderem às novas orientações. 
No início dos anos 60 a Educação Escolar passou por outra significativa mudança. E lá estava, novamente, o Prof. Ary Quintella participando ativamente da adequação dos livros didáticos dessa matéria.


1958



Ele foi um dos expoentes da safra de autores de livros de Matemática numa época de grandes alterações curriculares da Escola secundária a média. Quem daquela época não estudou com um livro dele?


1961



1964
1967




















Paulistano, fez sua vida profissional no Rio de Janeiro. Seus livros eram verdadeiros "best-sellers" e abrangiam todas as "séries" do Ginásio, Científico e do Curso Comercial. Faleceu em 1968.


Clique nos títulos para ver livros escolares:   Vamos Sorrir   -  Cartilha Sodré   -  Coração Infantil   - Cartilha do Tatu   -   Matemática Moderna   -  Livros de História   -    Meninice   -    Cours de Français Livro de Latim   -   Cartilha Sodré (II)   -   Tabuada   -   Programa Escolar   -   Spoken English   -   Geografia   -   O Tesouro da Criança  


2 comentários:

nelson figueiredo disse...

Obrigado por me fazer lembrar de uma época em que eu sofri por não gostar de matemática, ate que conheci os livros do saudoso professor ary Quintela e por eles mudei completamente de posição
Hoje eu adoro matemática e sei que a maioria das pessoas que não gostam o fazem por não ter conhecido esta obra.
Beijos no teu coração
Nelson Figueiredo

"blcamargo" disse...

Maravilha, Nelson! Muito obrigato pela visita e simpático comentário. Volte sempre. Abração.